14 abril 2017

Entre-os-Rios e a Ilusão dos "Crentes"



Ontem e hoje em Entre-os-Rios aconteceram as habituais celebrações da Semana da Páscoa.
As Televisões e outros media, à semelhança doutros anos, deram um relevo ainda mais relevante a este acontecimento, transformando-o num acontecimento Nacional. E como seria de esperar sentia-se que as autoridades Autárquicas tomariam em atenção essas previsões.

Esperanças infundadas.

Um dos pontos nevrálgicos destas celebrações situa-se no Largo de S. Sebastião em Entre-os-Rios, Freguesia de Eja. Pensariam os “Crentes” habitantes da Freguesia de Eja que a respetiva Junta tomaria as necessárias providências para apresentar um espaço condigno para este evento. 

Ilusão. 









 
Se o mato aí existente abundava de pouco adiantou a intervenção da Junta um dia antes do ínicio das celebrações, Quita-Feira dia 13.

 
O aspeto era de tal forma degradante que alguns populares contactaram a Câmara para tentar remediar, dentro do possível, a situação; o que foi feito na manhã do próprio dia (dia 14)

.
Claro que a intervenção da Câmara não foi muito feliz, apenas minorou a situação, pouco “espaço” tinha para fazer muito melhor.

De realçar a intervenção do Presidente da Câmara de Penafiel para os órgãos da Comunicação Social informando-os de que para o próximo ano iria proceder a um concurso de fotografia sobre a Semana Santa em Entre-os-Rios. Sendo assim a minha foto já está a "Concursar".


12 abril 2017

Largo de S. Sebastião...

...também conhecido por "Largo do Carôlo"

Qualquer Sapateiro Remendão faria melhor que isto.

Tentativo de arranjo de última hora.
 O que aqui se vê só pode envergonhar as gentes da terra.





09 abril 2017

Rio de Moínhos e Vale do Tâmega




Vista de Rio de Moínhos com a Freguesia de Eja por fundo. A bordejar o Rio Tâmega vê-se o lugar de Entre-os-Rios e logo acima o lugar de Abôl e de Eja que dá o nome à Freguesia.

De realçar o desenvolvimento da Freguesia de Rio de Moínhos, que aqui aparece apenas uma pequena parte. A topografia desta freguesia tem facilitado o seu desenvolvimento em paralelo com uma Junta dinâmica e uma população interventiva que obriga os poderes autárquicos a uma permanente acção.
 


Vista mais alargada de Rio de Moínhos tendo lá ao fundo o Rio Douro e a Freguesia de Eja


A povoação de Entre-os-Rios vista do Senhor dos Remédios - Rio de Moínhos

07 abril 2017

Torrão e Eja

Da Freguesia do Torrão (Marco de Canavezes) se pode observar lá ao longe o alto da Freguesia da Eja (Penafiel).
O Rio Tâmega, como que envergonhado, corre escondido bordejando Entre-os-Rios que o Torrão encobre.

06 abril 2017

Procissão das Endoênças

Na próxima Quinta-Feira, dia 13, quando os devotos da procissão das Endoênças acorrerem ao Calvário em S. Sebastião terão à sua espera este cenário?


E na Sexta-Feira, este?

 

02 abril 2017

Da Outra Margem (Torrão)

Chegamos  a Entre-os-Rios e fomos ao cais do Torrão e daí a paisagem do outro lado do Támega


 ( A foto original tem 23 MG e permite uma visão de uma foto com aproximadamente 7 metros quando visionada em Zoom)
Exemplo
 
 Os interessados em descarregar a foto original. 23 MG deverão deixar na caixa de comentários o EMail

27 março 2017

A Outra Margem (Pedorido)

Regressando à estrada vamos retomar a viagem até Entre-os-Rios após um "demorado desvio" por outras paragens.

Chegados a Rio Mau, bordejado pelo Rio Douro...

 ...temos aí, na outra margem, Pedorido




Sempre com o Rio Douro em destaque




17 fevereiro 2017

Olhar de Relance...


As vistas de "A Outra Margem" ficam para logo depois quando o PC tiver sido recuperado de um "acidente". Entretanto e a partir de um Tablet uma vista de olhos ou se quiserem um Olhar de Relance sobre a nossa "Ponte de Pedra" .



05 fevereiro 2017

A Outra Margem (Lomba)

Continuando a viagem em direcção a Entre-os-Rios, o "passeante" perscruta com o olhar a outra margem em busca de algo que fique na sua memória.


Chegando a Melres, num dia enevoado, as variantes cinzentas da paisagem escondem a beleza de verões apraziveis lá da outra banda...


...é a outtra banda no explendor da Primavera.

A praia da Lomba antevendo o Verão

02 fevereiro 2017

A Outra Margem (Arnelas)



As viagens podem ser “longas” ou “curtas” embora a distância seja a mesma. 

Ao fim de semana são geralmente mais “longas”; o “viajante” torna-se um “passeante” e aproveita para espraiar o olhar pela paisagem.

Em saindo da capital do Distrito, o Porto, em direcção a Entre-os-Rios e aproveitar a oportunidade para dar uma vista de olhos à outra margem é regalar a vista com os contornos que o Rio Douro nos proporciona.


 Da foz de Rio Sousa atravessando o Rio Douro com o olhar, na outra banda os nossos olhos encantam-se com Arnelas

Arnelas
Enfim... a primeira paragem.

01 fevereiro 2017

A Minha Lareira

O frio tem apertado e logo que chego a Entre-os-Rios nada melhor que o aquecimento das "cavernas".

Recordar outros tempos

31 janeiro 2017

Quando o rio invadia as nossas vidas



Estamos em vias de iniciar um mês de 28 dias, ou seja Fevereiro de 2017.

Invariavelmente, anos atrás, era um mês em que os rios bordejavam Entre-os-Rios, nomeadamente o Largo da Feira, de tal forma que deixavam as almas e vidas dos seus moradores com o coração nas mãos.

Este Inverno, será mesmo, sem chuva, um Inverno? 

Finalmente um Inverno chuvoso parece estar aí e para recordar a uns e dizer como era a outros, eis algumas fotos de Inverno através dos “olhos fotográficos” do saudoso Dr. Manuel Alves.


 Nestas fotos é bem visível a casa da família Casaca. Ainda hoje me interrogo o que seriam as preocupações dos na altura jovens Casacas, meus contemporâneos!
À esquerda a antiga pensão Isabelinha que recordo pela excelente confecção de bolos nomeadamente os "Sonhos" 

Nesta outra, lá em cima, os mirones e em baixo o terceiro (?) andar da "afamada" mercearia, drogaria e não sei que mais do Acacinho Alves.

Recordar e reconhecer o passado permite-nos compreender e melhorar o futuro.